Bolhas no pneu, e agora? Imprimir
Escrito por Administrator   
Sex, 01 de Fevereiro de 2013 16:48

Você acaba de descobrir uma "bolha" na lateral do seu pneu, e agora?

Bolhas e saliências laterais internas e externas, são normalmente causadas por buracos e choques contra guias. Quando um pneu apresenta este tipo de deformação, ele perde sua resistência, tornando-o instável com risco de explodir. Isso pode acontecer com o veiculo estacionado ao sol ou a 120km/h numa estrada super movimentada ocasionando no mínimo uma troca de emergência até um acidente grave.

O pneu é construído por cintas de metal, que conferem ao produto maior resistência. Ao chocar-se contra um buraco, as cintas podem romper-se ocasionando a "bolha". Como citado, o pneu torna-se instável. Pode ou não explodir. Existem casos de pneus que rodaram 20.000km, 30.000km com a bolhas, sem maiores problemas, outros explodem com 500 km, em estado praticamente de novo. É imprevisível, é inseguro! Este tipo de deformação, não está coberta pela garantia e resta ao motorista, fazer a troca o quanto antes.

Em situações extremas, onde é necessário rodar com o pneu nesta condição. Recomenda-se que o pneu deformado seja utilizado sempre no conjunto dianteiro, nunca no traseiro. A explicação é simples, pois o motorista tem a direção para compensar e tentar corrigir a direção do veiculo em caso de explosão repentina. Já no eixo traseiro, o motorista pode contar apenas com a própria suspensão. Ao chegar ao seu destino, lembre-se de substituir o pneu defeituoso o mais rápido possível.

Algumas oficinas fazem uma vulcanização no pneu e liberam o cliente, mas é como utilizar peças recondicionadas. Você confia 100%?

 

Visite nossa loja e faça uma avaliação completa!

Última atualização em Sex, 01 de Fevereiro de 2013 17:09
 
Joomla SEO powered by JoomSEF